Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

Principis
Product ID: 3239
Product SKU: 3239
New In stock />
A Revolução dos Bichos - George Orwell

A Revolução dos Bichos - George Orwell

Marca: Principis
Estoque: 28
/ 28
Simulador de Frete
- Calcular frete

 

A Revolução dos Bichos - George Orwell


Uma fazenda é tomada por seus animais maltratados e sobrecarregados. Cheios de idealismo, eles se propõem a criar um paraíso de progresso, justiça e igualdade, administrando o local por conta própria. Os porcos, então, assumem o comando e, com suas habilidades de alfabetização, vão aos poucos mudando as regras que os animais haviam estabelecido previamente. Dessa forma o palco está montado com uma crítica muito bem escrita de como os ideais socialistas são corrompidos por pessoas poderosas, como as massas iletradas são aproveitadas e como os líderes comunistas se transformam em capitalistas.

 

     

  A revolução dos bichos é uma grande alegoria ambientada em um curral, onde os animais decidem se apoderar das terras do fazendeiro e colher os benefícios de seu trabalho conjunto. No entanto, aos poucos, as regras mudam, e os porcos passam a ter mais poder, fazendo os animais questionarem por qual sociedade eles lutavam e se sua recém-descoberta liberdade é tão libertadora quanto eles esperavam.

O livro foi publicado pela primeira vez em 1945, e a Rússia stalinista era vista como seu alvo, mas a clareza cortante e a comédia selvagem dessa obra-prima de George Orwell têm um significado e uma mensagem ainda ferozmente atual.

 

 

   

Sobre o autor

George Orwell nasceu Eric Arthur Blair em 25 de junho de 1903, em Bengala, Índia, onde seu pai trabalhava para o Departamento de Ópio do Serviço Público Indiano da Grã-Bretanha. Estudou em instituições de elite e foi ele próprio durante cinco anos agente da polícia imperial na Birmânia.

Viveu com os miseráveis de Paris e Londres no final dos anos 1920 e lutou pela causa republicana na Guerra Civil Espanhola ao lado de uma milícia minoritária com inspiração anarquista e trotskista, quando levou um tiro na garganta que quase lhe tirou a vida. Morreu de tuberculose no dia 21 de janeiro de 1950, um ano depois de concluir 1984. Tinha 46 anos.

 

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
    Produtos relacionados